Plano de Saúde Sem Carência ou Com Carência Reduzida?

Os planos de saúde são uma mão na roda para aqueles que não podem perder meses esperando nas filas do SUS.

Eles podem dar diagnósticos mais rápidos, facilitando o tratamento de patógenos, além de ter atendimento mais organizado, rápido, com exames e cirurgias com profissionais confiáveis.

Na hora da adesão aos planos surgem muitas dúvidas acerca do funcionamento e cobertura do plano. Uma das inseguranças mais comuns nesse período é sobre o tempo de carência.

Se você está contratando algum plano e quer saber tudo sobre a carência, se é melhor plano de saúde sem carência ou com carência reduzida, entre outras dúvidas, acompanhe esse artigo que sanar todas as incertezas.

Tempo de espera de Carência de um plano de saúde

Após a contratação do convênio e o pagamento da mensalidade, o cliente não usufruirá de todos os serviços do plano, pois a empresa pedirá um tempo para fazer uma reserva visando garantir o atendimento desse contratante.

Esse tempo de espera é o Prazo Carência, que é previsto por lei, porém não deve ser muito abusivo por parte do convênio e deve estar bem esclarecido dentro do contrato.

Há casos como contratos com empresas onde há um número grande de funcionários aderindo e com necessidade imediata de uso, que não precisam cumprir esse tempo de carência, ou seja, são sem carência.

E planos de saúde que diminuem o tempo de carência, por exemplo, de um mês para uma quinzena ou semanas.

Prazo máximo de Carência previsto por lei

Com passividade de multa, as empresas que estenderem um prazo superior aos citados estão lesando os clientes.

Para caso de atendimentos de urgência e emergência o prazo máximo após a contratação é de 24 horas.

Consultas, exames, cirurgias, entre outros serviços, o convênio pode pedir até cento e oitenta dias de carência, ou seja, um semestre de espera.

Em caso de parto, o qual o seu plano cubra o período pode chegar a trezentos dias, o equivalente a aproximadamente dez meses.

Plano de Saúde Sem Carência

Quem foge dos atendimentos do SUS pode se assustar com os tempos de carência dos planos de saúde.

Em alguns casos o próprio plano pode optar em cancelar o tempo de carência, ou o cliente pode optar a fazer um pagamento extra para o cancelamento desse período.

Quando há troca de planos ou de convênio, você pode aproveitar o tempo de carência da outra empresa que teve e diminuir nesse novo contrato. Porém para que seja feito esse processo o contratante deve ter passado dois anos com o antigo plano.

A contratação por empresas aderindo um número maior de trinta funcionários pode ocasionar a irrupção do tempo de espera

 Plano de Carência Reduzida

Um plano cuja carência é reduzida pode chegar a até 24 meses para poder usufruir de alguns atendimentos.

Para obter a carência reduzida há vários casos que pode haver essa solicitação.

Para receber atendimento de urgência ou emergência o paciente pode por direito receber atendimento de imediato, independente do período de carência.

Em ofertas de promoções o plano pode optar em reduzir o tempo de carência ou anulação da espera, mas isso depende apenas da empresa.

Planos de Saúde

Os planos de saúde são muito cômodos, e transmite uma segurança para o tratamento de doenças, além de serem formas de assegurar você, seus familiares e funcionários.

Por isso é necessário pesquisar e ver qual convênio se encaixa melhor às suas necessidades.

Você pode até verificar se há a possibilidade de um plano de saúde sem carência, ou com carência reduzida, podendo assim usufruir de todos os serviços o quanto antes.

Aproveite para ver também um outro post que fizemos falando sobre: Veja o tempo para marcar consulta, exame e cirurgia em planos de saúde