Plano de Saúde Infantil: O que considerar antes de contratar?

Plano de Saúde Infantil O que considerar antes de contratar

Plano de Saúde Infantil: O que considerar antes de contratar?

Se você tem filhos ou mora com eles, não é errado dizer que é imprevisível. A curiosidade de uma criança pequena pode levar a pequenos acidentes apenas por piscar. Além de ser cauteloso, uma ótima forma de  garantir a  segurança em todos os momentos é investir em um bom plano de saúde infantil.

Neste artigo você pode ver: 

  • Como funciona o seguro de saúde para recém-nascidos? 

  • Como funciona o seguro saúde para bebês?

  • Qual é o melhor plano de saúde para crianças?  

Boa leitura! 

Plano de saúde para crianças

Para ajudar a garantir a segurança do seu filho, aqui estão algumas respostas para algumas das perguntas mais comuns sobre como obter o seguro de saúde infantil. 

Como funciona o seguro de saúde para recém-nascidos? 

Se você já possui seguro saúde, seu filho fica livre nos primeiros 30 dias após o nascimento, mas deve ser incluído posteriormente como dependente dependendo das necessidades já cobertas. 

Primeiro, muitos testes devem ser realizados e todas as vacinas atualizadas. Dependendo do SUS, pode ser demorado e muito caro. Se o seu bebê tiver mais de 30 dias e ainda não se qualificar para o plano, pode ser um bom momento para considerar a adoção. 

Como funciona o seguro saúde para o meu bebê?

Se você ainda não tem seguro, há duas maneiras de obter seguro de saúde para seu bebê. Os primeiros são contratos individuais apenas para crianças, mas são planos com coberturas mais baixas e, normalmente, apenas prestam cuidados comunitários. 

 A segunda opção é contratar uma modalidade de KMU (Pequena Empresa) através do CNPJ onde seu filho participará como dependente. Requer pelo menos 2 ou 3 pessoas no contrato. O valor depende da operadora e do titular do CNPJ. deve ser incluído em suas informações de  contato. 

A vantagem do tarifário PME é que  garante uma cobertura mais ampla e acesso a fornecedores mais conhecidos. Outra vantagem é a opção de segurar toda a família. Isso economiza cerca de 30% em comparação com a contratação de cada membro da família individualmente. 

Se você não tem CNPJ, mas é sindicalizado, pode aderir a um  plano de adesão para acessar as operadoras mais populares e ter uma cobertura mais ampla, inclusive para filhos dependentes. No entanto, as taxas tornam essa opção  cara em comparação com as pequenas empresas. 

Atualmente são pouquíssimas opções de planos de saúde coletivas por adesão, se informe através de um corretor especializado para obter as melhores condições na contratação.

 Plano de saúde para crianças

 Neste momento aumenta a necessidade de exames e exames médicos, por isso, se pretende optar por um contrato ambulatório e estar preparado para internamento, opte por um ambulatório hospitalar. 

Tarifas e redes certificadas também devem ser consideradas, isso porque é comum ter um médico de confiança que acompanha as crianças desde a infância até o início da adolescência. Por isso, escolha um plano que atenda clínicas ou hospitais com especialistas de confiança. 

Também é comum  que os pais procurem um plano para cobrir as imunizações, pois é comum que as imunizações sejam necessárias com maior frequência durante a infância. 

 No entanto, a maioria dos planos não oferece programas de vacinação. Porque está incluído nos planos da categoria premium. Pontuações acima da média, apesar dos benefícios. 

 Uma dica na hora de contratar é procurar opções não participantes. Em alguns casos, o preço do terminal cairá, mas se o plano for usado com frequência, a contribuição parcial será reduzida. Para crianças que precisam consultar um pediatra pelo menos uma vez por mês. 

Extensão do parentesco para incluir o filho como dependente Gostaria de saber se posso adicioná-lo como dependente aos tios, avós e padrinhos. No entanto, a pessoa não pode ser incluída no seu seguro e a ANS a classifica como dependente.  

  • Cônjuge e companheiro de vida certificados por união estável. 
  • Parentes de 1º ou 3º grau (filhos, sobrinhos, netos, pais, avós, etc.);
  • Parentes por consideração (enteados, sogros e padrastos)

Para inscrever seu filho no plano, você só precisa comprovar a conexão, e o filho do tutor também tem direito aos benefícios. 

Preços de Planos de Saúde RJ 2020