Plano de saúde individual 2022: Tudo o que você precisa saber

Plano de saúde individual 2022 Tudo o que você precisa saber

Plano de saúde individual: Tudo o que você precisa saber | Quem quiser contratar um plano de saúde pode fazê-lo de várias formas, e aderir a um plano de saúde individual pode ter uma série de benefícios. Os planos de saúde individuais destinam-se a pessoas que tenham contratado um seguro de saúde diretamente com um intermediário ou prestador de serviços de saúde, sem que a empresa ou associação necessite deste intermediário.

Tudo sobre o plano de saúde individual

Saber como funciona um plano de saúde individual é o primeiro passo para contratar um e estar preparado para emergências sem estar à mão. 

Ninguém quer pensar em possíveis problemas relacionados à nossa saúde, mas em uma emergência sempre surge a pergunta: e agora, o que fazer? 

O seguro de saúde pessoal é uma das formas mais importantes de se preparar para essas emergências. Mais do que garantir a segurança, você pode contar com um atendimento flexível e de alta qualidade. 

Mas afinal como funciona o plano de saúde individual? Como alugar ou  mesmo a que preço? Quais detalhes devo prestar atenção antes de escolhê-lo? Não se preocupe, respondemos a todas elas.

Plano de saúde individual: como funciona?

Se sua empresa não possui plano de negócios, ou se você é autônomo ou microempreendedor como muitos brasileiros, um plano de saúde individual é uma boa opção para você. 

O primeiro passo para garantir que um plano de saúde individual funcione e seja confiável é garantir que ele seja registrado na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). 

A ANS é um órgão regulador vinculado ao Ministério da Saúde brasileiro que vem regulando o mercado de planos privados de saúde desde 1998. 

Ou seja, a ANS autoriza o funcionamento de vários planos de saúde e fiscaliza o funcionamento de cada um, o que traz muito mais. seguro para você 

Agora vamos falar sobre como funciona o plano de saúde individual e quais são suas principais características: 

  •  Adesão gratuita; 
  •  Extensão do prazo; 
  •  Cobertura do contrato; 

A administradora do plano de saúde fatura o consumidor diretamente. 

Vamos falar um pouco sobre cada um desses pontos para entender melhor como funciona um plano de saúde individual? 

Adesão por livre escolha

Os acordos coletivos, sejam de adesão ou de atividade comercial, pressupõem uma ligação entre o trabalhador e a associação profissional ou  pessoa coletiva através de uma relação laboral. 

Isso lhe dá muito mais liberdade de escolha porque você não precisa concordar com o mesmo contrato que a empresa. Então aqui está sua chance de escolher o melhor plano de saúde individual de acordo com suas preocupações mais importantes. 

Prorrogação do Prazo 

Muitas pessoas não têm certeza sobre a prorrogação do prazo ou  quando poderão prestar os serviços de acordo com o plano após serem contratados. 

Quando falamos de como funciona um plano de saúde individual, é importante que você preste atenção nisso também. A ANS regulamenta os prazos máximos de carência que são: 

  •  Urgência: 24 horas; 
  •  Consultas e exames simples: 30 dias; 
  •  Cirurgia e internação: 180 dias; 
  •  Testes complexos: 180 dias; 

Mas este é o tempo máximo para cada operação, portanto os prazos podem variar entre operadoras. É importante estar sempre atento a essas coisas na hora de alugar um plano de saúde individual. 

Proteção Contratual 

Você sabia que temos diversos planos de saúde individuais? 

Aqui está uma forma de  escolher um sindicato que cubra o que é realmente importante para você e de acordo com suas necessidades. 

Plano Ambulatorial 

Trata-se de um plano totalmente ambulatorial onde o beneficiário tem certos direitos, como consultas médicas em clínicas (somente para os cadastrados na operadora), cobertura de exames e terapia. 

Em casos de urgência ou emergência, o plano  cobre apenas as primeiras 12 horas. Os custos dos procedimentos hospitalares e até mesmo uma possível internação são arcados diretamente pelo paciente. 

Plano de saúde hospitalar 

Neste caso, não há consultas eletivas no plano, mas o foco é em assuntos urgentes, por exemplo, atendimentos hospitalares sem tempo máximo. 

As principais áreas de cobertura do Plano Individual de Saúde Hospitalar são: 

  • Urgência; 
  • Cirurgia; 
  • Tratamento hospitalar; 
  • Parto; 
  • Doenças graves. 

Ou seja, um plano de saúde hospitalar oferece ao segurado muito mais proteção para procedimentos geralmente mais caros, como internação e cirurgia.

Um bom plano de saúde permite o acesso aos melhores hospitais da região, o que traz muito mais comodidade a todo o atendimento. 

Planos de saúde completos

Em um  plano, você tem seguro ambulatorial e hospitalar, podendo também optar pelo seguro maternidade. Taxa paga diretamente pela operadora ao consumidor.

Nos acordos coletivos,  as empresas costumam pagar o plano de saúde à operadora e o benefício do empregado vai para o salário. 

Em um plano de saúde pessoal, funciona de forma diferente, o usuário do contrato é cobrado diretamente. Cada operador pode considerar diferentes métodos de pagamento. 

Mas como contratar um plano de saúde pessoal? 

Hoje, com todas as facilidades do mundo digital, é muito mais fácil descobrir como contratar um plano de saúde individual. Com algumas operadoras, você pode fazer tudo online, o que oferece uma experiência muito mais prática.

O mais importante é ficar atento às dicas que demos anteriormente, como respeitar a carência e a  cobertura. 

Caso não esteja claro para você, entre em contato com a operadora e tire suas dúvidas  antes de contratar um plano de saúde individual. 

Outro detalhe importante é olhar para a rede credenciada, ou seja, quais hospitais são cobertos pelo plano. Em última análise, isso determina um serviço eficiente e de alta qualidade.

Preços de Planos de Saúde RJ 2020